11/04/2017

Meu gato está doente...

Ou apenas chateado?

Como os nossos bichinhos não falam, é muito comum não sabermos distinguir muito bem se estão preguiçosos, chateados ou doentes. Não é raro visitarmos um cliente para fazer consulta domiciliar e descobrirmos que não havia nada de errado com os gatinhos.

Neste post você vai aprender dicas úteis que vão ajudar a identificar se já é hora de legais sobre quem são, onde moram, o que causam e como se prevenir das doenças causadas pelos Carrapatos.

Prevenir continua sendo o melhor remédio

Além de debilitar nossos pets por se alimentarem de sangue, esses parasitas podem transmitir algumas doenças: babesiose, erliquiose e hepatozoonose. Todas são perigosas para o seu cão e a melhor forma de prevenir é eliminando os carrapatos que as transmitem.

Além do uso de remédios que atuam como repelentes nos cãezinhos, é muito importante fazer a higienização do meio-ambiente com produtos adequados, lendo sempre as instruções que constam nas embalagens, preparando a diluição adequada e respeitando o tempo de isolamento do local tratado.

CUIDADO: Ainda é uma prática comum em alguns estabelecimentos o banho químico - ou "banho de Butox" - para resolver o problema de Carrapatos. Você nunca deve fazer isso, pois este produto é altamente tóxico e pode causar a morte do seu cachorro.

Identificação

Se você costuma passear com o seu cãozinho em parques ou no campo, ele pode estar sujeito a ficar doente. Se você quiser saber melhor como isso funciona, veja esse vídeo da Bayer que explica direitinho a contaminação por carrapatos. Nesse caso, como os primeiros sintomas de uma eventual doença podem demorar semanas até aparecerem, a melhor forma identificar se você tem um problema é fazendo um exame visual no seu pet.

Se você não sabe por o que procurar, apresentamos o famoso Carrapato:

Comprei um gatinho, o que preciso fazer?
Carrapato

Depois de cada passeio, é sempre importante fazer uma verificação visual para ter certeza de que nenhum desses bichos conseguiu subir no seu cachorro. Olhe entre a pelagem, na pele do seu animal, sempre tomando um cuidado especial com alguns esconderijos que são os favoritos dos Carrapatos: próximo dos olhos, na nuca, no pescoço, dentro da orelha, entre os dedos e entre as almofadas das patas.

Como saber se meu cão tem Doença do Carrapato?

Os sintomas das doenças transmitidas pelo Carrapato costumam demorar algumas semanas para aparecer e podem incluir:

Caso seu pet esteja com qualquer um destes sintomas, procure a Homevet para orientá-lo adequadamente.

O que fazer se eu achar um Carrapato?

Existe um mito por aí de que se você esmagar um Carrapato seus ovos vão se espalhar e milhares de novos problemas vão surtir. Isso não é verdade, já que para os ovos nascerem é necessário que a fêmea termine e sua maturação. Por isso, caso você encontre algum desses bichos grudado no seu pet, retire-o imediatamente com uma pinça e esmague-o para garantir que ele não vai se reproduzir.

Comprei um gatinho, o que preciso fazer?
Gordinho? Não, é só uma fêmea com até 5.000 ovos sendo fabricados...

É importante lembrar que, se você encontrou um Carrapato no seu pet é bem provável e muito comum que existam outros ou até mesmo criadouros na sua casa. Como esses parasitas são resistentes à materiais de limpeza, mesmo que a sua casa seja limpa isso não quer dizer que você está livre de encontrar mais deles. Por isso, não se esqueça de fazer a higienização correta do meio-ambiente.

A desinsetização do meio-ambiente é feita com produtos específicos e deve focar em locais como batentes de portas e janelas, rodapés, embaixo ou dentro de móveis e estrados de cama, frestas, muros e paredes.

Lembre-se, os produtos adequados para a desinsetização são tóxicos para os cãezinhos, é importante que você leia sempre as instruções que constam nas embalagens, prepare a diluição adequada e respeite o tempo de isolamento do local tratado.

Após o procedimento de aplicação, nós recomendamos que você limpe a casa com o detergente/desinfetante da sua preferência antes de permitir que seu cãozinho volte.

Como funciona o tratamento?

Atualmente, os veterinários já podem prescrever remédios capazes de curar a Doença do Carrapato. O tratamento dos sintomas da doença também é imprescindível para garantir a qualidade de vida do seu pet. É importante que o tratamento comece assim que possível para evitar sequelas no fígado e rim do seu cãozinho.

Caso seu pet apresente sintomas, confie na Homevet para orientá-lo adequadamente.

Receba nossos posts por e-mail

Saiba tudo de importante sobre o seu pet

Muito obrigado por cadastrar-se!
Oops, algo deu errado!

Nós odiamos lixo eletrônico, tanto quanto você.

Atendimento veterinário domiciliar com a qualidade e a atenção que você busca. Nós tratamos o seu pet com todo o carinho e profissionalismo.
12 9 9753-1234 Taubaté
41 9 9741-3189 Curitiba
atendimento@elenahomevet.com.br
Conheça o facebook da Homevet, lá sempre postamos informações úteis sobre o seu animalConheça o blog da Homevet e saiba tudo sobre seus pets, somos especialistas em cães e gatos
Em caso de emergência ligue ou envie mensagem via Whatsapp.

Horário de atendimento

Segunda a sexta: 8:00 às 19:00

Sábado: 9:00 às 12:00

Agende antecipadamente! 

A Homevet aceita todos os cartões de crédito e débito aceitas pelo Pagseguro!

Aceitamos cartões de crédito e débito com chip.